NOTÍCIAS

Stade Rock in Rio

Palco principal do Rock in Rio Brasil feito em Portugal, levado em contentores para o Rio.
Este ano, no Rio de Janeiro, aquele que é apelidado pelos promotores como o maior festival de música do mundo terá um palco todo em branco, em alumínio e ferro. Parte dele já está a chegar e de Portugal partem quase diariamente mais contentores com a estrutura.
A Irmarfer é uma das empresas principais responsáveis pela notória presença lusa no festival do Brasil.
80 toneladas a atravessar o atlântico para serem depois montadas, como um enorme “jogo de legos”.
Porque é um palco cenograficamente com algumas novidades mas tecnicamente muito inovador, com mais capacidade de carga (algumas bandas têm equipamentos muito pesados), mais leve (no passado pesava 300 toneladas) e mais fácil de montar, e com mais qualidade, “proporcionando mais conforto a técnicos e artistas”.
Uma presença, neste caso, com 88 metros de frente e 22 de profundidade. 
“É a primeira vez que evoluímos para o palco do mundo”, diz à Lusa o presidente da Irmarfer, Ivo Silva, lembrando que a empresa, no entanto, tem feito outras grandes estruturas do festival, como fez 60% das estruturas temporárias dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (incluindo a maior tenda do mundo), como está a fazer agora uma estrutura de 7.000 metros quadrados, em Lima, Peru, para um festival “Cirque du Soleil”.